Síndrome de Burnout é doença do trabalho em 2022

2022 começa com a Síndrome de Burnout reconhecida

pela OMS como doença do trabalho.

O esgotamento mental causado pelo stress no trabalho passa agora a fazer parte da Classificação Internacional de Doenças com o CID 11. Essa notícia só reforça o quanto o cuidado com a saúde mental dos colaboradores precisa estar na agenda de prioridades das lideranças.

Confira algumas dicas para deixar a Síndrome de Burnout bem longe de você e da sua equipe:

  1. 👀 Preste atenção aos sinais do corpo! Oriente seu time: dificuldade pra dormir (alô, insônia), imunidade baixa, fadiga persistente, ansiedade.. tudo isso quer dizer algo.
  2. 🗣 Comunique-se! Fale com alguém quando sentir que as coisas estão difíceis. Pedir ajuda pode ser uma boa solução para aliviar as angústias e criar um ambiente de confiança.
  3. ⏰ Estabeleça horários para começar e para terminar as tarefas. Nada de jornadas de trabalho infinitas!
  4. 🆘 E, claro, conte com a ajuda de profissionais da área de saúde mental. Não há problema algum em fazer terapia. Inclusive, recomendamos #terapiaétudodebom 👈
  5. 📖 Ler a reportagem da Revista Caótica, “Desconectar é preciso!”, com vários depoimentos sobre a importância dos momentos de pausa para a nossa saúde mental! Para garantir a sua edição, clique aqui: Revista Caótica.

Síndrome de Burnout é responsabilidade empresarial

De acordo com uma pesquisa realizada em 2018 pela International Stress Management Association no Brasil (ISMA-BR), 72% das pessoas que estão em plena atividade se encontram, de alguma forma, estressadas e, dessa quantidade, 32% tem a Síndrome de Burnout. Imagine só quando esta pesquisa for atualizada sobre 2021!

Os desafios que as corporações terão pela frente envolvem combater culturas organizacionais nocivas, oferecer suporte adequado aos liderados, otimizar os canais e processos de comunicação entre a empresa e o trabalhador, valorizar progressos e conquistas e ponderar as cobranças excessivas.

Tudo isso, além de criar um ambiente seguro,  torna a convivência – remota ou presencial – mais harmônica. As empresas precisam se atentar a este cuidado e oferecer ajuda aos profissionais.

Tem alguma dica pra aliviar o stress pra compartilhar com a gente?

Fique por dentro de todas as novidades da Escola do Caos.

Baixe agora mesmo a Revista Caótica.

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter